Precisando saber mais sobre Monetização de Conteúdo?

O seu conteúdo já é bom, seu portal tem uma audiência razoável e você está pensando em como transformar esse conteúdo em um negócio rentável no ambiente digital? Levantamos os principais questionamentos que ouvimos ao longo desse ano sobre monetização de conteúdo e criamos esse post para esclarecê-los. Seja um portal de notícias, revista, portal de entretenimento ou um blog, é possível monetizar o conteúdo e ter a sua base de assinantes digitais.

O que é Monetização de conteúdo?

Monetização de conteúdo é gerar receita com um conteúdo relevante, bem escrito, com informações verídicas e responsáveis através de ferramentas específicas como Paywall, loja virtual ou mesmo através de anúncios pagos em um portal ou blog.

Por que você deve monetizar o seu conteúdo?

Conteúdo de qualidade tem o seu valor, além disso nos dias de hoje sabemos do valor de manter uma equipe de jornalismo, o custo com deslocamento para registrar fatos, entregar notícias e informações em primeira mão, o valor intelectual e a entrega de um conteúdo responsável e bem escrito. Com a quantidade de notícias falsas presente hoje em dia nas redes sociais e em sites de Fake News as pessoas estão optando sim por pagar por um conteúdo que seja confiável, verdadeiro, bem desenvolvido e que esteja ao seu alcance de forma ágil e com fácil acesso como por exemplo, no celular.

Como começo a monetizar o meu conteúdo?

Abaixo citamos algumas opções para você começar a monetizar seu conteúdo:

1- Paywall – Você pode começar a monetizar seu conteúdo com o Paywall poroso, o modelo mais recomendado mundialmente pelos especialistas do mercado de comunicação e mídia e ao qual o usuário degusta um número de matérias pré-determinadas e após ultrapassar esse número ele é convidado a assinar o conteúdo para poder continuar tendo acesso a todas as matérias do seu portal.

Um exemplo de Paywall poroso na prática:

Marcos um leitor assíduo do seu portal leu 10 matérias sem custo algum, na 11ª vez que ele for ler uma matéria abrirá um pop-up sugerindo o login social através do Facebook para degustação de mais 5 matérias gratuitas, após ler essas 5 matérias ele é direcionado para uma landing page (página de cadastro para contato da equipe comercial) ou uma loja virtual para que o mesmo assine seu conteúdo.

Abaixo um modelo de Login Social através do Facebook:

2- Loja Virtual

Com uma loja virtual, é possível monetizar conteúdo tanto impresso quanto online, podendo oferecer diversas opções de assinaturas aos visitantes do seu site. Outra oportunidade é que com a loja virtual você pode também vender anuários, edições especiais e até produtos. Exemplos de assinaturas que você pode oferecer com uma loja virtual: assinatura digital, assinatura digital e impressa, assinatura digital mais edição impressa mensal exclusiva para assinantes.

3- Newsletter

Convidar o seu visitante a assinar a newsletter e receber um resumo com os principais conteúdos do seu portal é uma forma de monetização muito válida e estratégica pois para assinar a newsletter o usuário terá que deixar seus dados e você pode transformar esses usuários em futuros assinantes tudo vai depender do relacionamento e da entrega de um bom conteúdo ao qual o usuário realmente esteja interessado. Mandar e-mails com propagandas de terceiros, imagens e o tempo inteiro não irão ajudar a aumentar sua base de assinantes ou a conquistar novos clientes. Respeite sempre as políticas de envio de e-mail.

Posso ter Paywall e loja virtual ao mesmo tempo no meu portal?

Pode sim, o Paywall irá direcionar o visitante do portal para sua loja virtual e lá você poderá oferecer diversas opções de assinaturas. Com as duas plataformas fica mais fácil para o usuário fazer uma assinatura, bem melhor do que ele ter que fazer um cadastro e esperar alguém do comercial entrar em contato com ele.  Hoje em dia as pessoas preferem ferramentas instantâneas que facilite a sua rotina, um cadastro e a espera por alguém do setor comercial fechar uma assinatura pode fazer o usuário repensar se vale a pena o investimentoe acabar desistindo da assinatura.

O Google irá barrar meu conteúdo por estar vinculado ao Paywall?

Não muito pelo contrário, recentemente o Google percebeu a necessidade e a importância de valorizar o conteúdo de qualidade e quer apoiar o mercado jornalístico. A partir do começo desse mês de outubro, a postura do Google é de que cada publicação decida quantos cliques serão “gratuitos” pois a empresa percebeu o novo comportamento mundial dos consumidores que agora estão bem mais dispostos a pagar por conteúdo.

Podem desbloquear o meu conteúdo burlando o Paywall?

Sim, podem. Porém o número de pessoas que tentam burlar o Paywall está diminuindo e não está mais sendo visto com “bons olhos” assim como o número de consumidores conscientes de que entregar conteúdo relevante e verdadeiro, manter uma editora, jornal, uma equipe de trabalho de qualidade tem o seu custo. Além disso, as empresas de tecnologia para o mercado de mídia e comunicação trabalham diariamente para tornar seus Paywalls cada vez mais seguros e difíceis de burlar.

Passou 3 meses após a implantação do Paywall e da loja virtual no meu portal e ainda não tive o retorno em assinantes como o esperado o que fazer?

A conquista de assinantes digitais é um desafio para todos os jornais, editoras e portais de conteúdo do mundo e todos estão na luta da descoberta de como gerar assinantes em um curto período de tempo e como mantê-los. Porém o que vimos até agora através de eventos, palestras, estudos de casos internacionais e nacionais é que o trabalho precisa ser integrado, conectado e você precisa estar consciente que precisa mudar coisas que vão além dessas ferramentas para estes investimentos darem certo e lhe trazerem rentabilidade, abaixo listamos algumas:

– Treinar o seu público interno e fazê-lo entender que conteúdo tem o seu valor e que em algum momento será necessário pagar por ele;

– A sua marca precisa ser reconhecida pelo seu público local, ter um posicionamento de marca definido, estratégias de redes sociais alinhadas e um planejamento de marketing pré-estabelecido aumentam o reconhecimento da sua marca o que consequentemente irá aumentar a audiência do seu portal aumentando a possível base de assinantes;

– Falando em portal, o mesmo precisa estar responsivo ou seja, que se adapta à qualquer tamanho de tela, pretende atingir o público jovem? Verifique como é o comportamento do seu site em uma tela de celular, se o texto não se adapta ao tamanho da tela ou o site parece desconfigurado, esse público jovem não irá voltar a visitar o seu portal.

Confira abaixo um case de sucesso:

Jornal Ibiá –  Conectado com você

Quais conteúdos devo monetizar?

Não peça para o usuário pagar por conteúdos óbvios e que ele pode encontrar em qualquer outro portal. Não tem por que fechar uma matéria com um conteúdo que todos os outros portais irão noticiar por exemplo: “Neymar e Bruna Marquezine reatam romance” agora se você fizer uma matéria sobre a segurança da sua região, os melhores restaurantes da sua região e etc…focado no local e nos interesses da sua audiência com certeza alguns usuários irão querer pagar para receber esse conteúdo que só o seu jornal criou.

A análise de conteúdo deve ser criteriosa e varia de acordo com cada portal e com o estudo cada audiência, requer uma reavaliação do portal atual e também uma consultoria de editorias.

Ainda ficou com dúvidas? Entre em contato conosco que teremos o prazer em lhe esclarecer e auxiliar no sucesso da monetização do seu negócio.

Confira nossos artigos sobre monetização de conteúdo:

Paywall Flexível retém mais usuários

Paywall- O modelo ideal de monetização de contéudo

Paywall – O futuro da sua publicação passa por aqui

7 dicas para aumentar a rentabilidade do seu portal de conteúdo

Vantagens do e-commerce para o seu negócio de assinaturas

Gostou desse conteúdo? Assine a nossa newsletter e receba os posts do blog diretamente no seu e-mail.

Receba os posts do blog em seu email!

Share this Post

Deixe uma resposta